Brasil
Pesquisa Global em Gerenciamento de Risco da Aon 2016/2017

Pesquisa Global em Gerenciamento de Riscos da Aon


A 6º edição da Pesquisa Global bienal sobre Gestão de Riscos da Aon 2017, tem por finalidade oferecer às organizações os insights necessários para competirem em ambientes de negócios cada vez mais complexos.

A pesquisa espera coletar contribuições de mais de 1.500 participantes de empresas públicas e privadas de todos os portes e em todos os lugares do mundo. Aplicada em 11 idiomas os resultados são compartilhados com mais de 65.000 contatos em todo o mundo.

São analisados os seguintes pontos no estudo:

− As principais preocupações, atuais e futuras, das empresas sobre Riscos.
− Como as empresas identificam, avaliam e lidam com a gestão dos seus riscos.
− Colaboração entre áreas.
− Controles-chave / mitigação.
− A transferência do risco e os mercados de seguros.
− Situação do Financiamento de Riscos, Programas Multinacionais e Cativos.

Conheça os principais benefícios gerados para sua empresa:


− Entrega do relatório completo que auxilia sua empresa nas tomadas de decisão através de benchmarking customizado, contendo uma comparação de suas práticas com as práticas de seu segmento.
− Visibilidade dos principais riscos e tendências atuais na gestão de riscos.
− Suporta decisões de mudança e valida decisões atuais sobre a gestão de riscos.

Veja abaixo os principais resultados do estudo de 2015


Como as empresas lidam com as principais ameaças?


Clique no link acima para acessar o vídeo interativo

A Pesquisa Global de Gestão de Riscos de 2015 foi aplicada em mais de 1.400 profissionais de gestão de riscos em 60 países e revela a luta das empresas frente  a novos riscos. A prioridade dos riscos e sua abordagem podem variar de acordo com a empresa ou país. Lideram o ranking as ameaças à reputação da empresa e os riscos cibernéticos, seguidos de perto por riscos econômicos e regulatórios, juntamente com a concorrência crescente e a inabilidade para reter ou atrair talentos.

O resultado da pesquisa oferece respostas às principais perguntas sobre gestão de riscos, dentre elas:

  • Como as suas preocupações sobre riscos se comparam às preocupações de seus colegas ao redor do mundo?
  • O que leva ao aumento ou diminuição da preocupação sobre certas exposições ao risco?
  • Como as preocupações de riscos variam conforme a região ou segmento?

Sob a perspectiva da gestão de riscos, há uma preocupação especial quanto ao número de exposições a riscos que se distanciam dos seguros tradicionais, presentes na lista deste ano, revelando a necessidade das organizações de avaliar cuidadosamente e endereçar tanto as exposições existentes quanto as potenciais.

Destaques da pesquisa:

  • Dano à reputação, o risco mais alto na pesquisa deste ano, pode ser resultado de diversos fatores – não é supresa que estaja relacionado a vários outros riscos da lista.
  • Alterações regulatórias/legislativas ocupam o 3º lugar do ranking, alterando a prioridade na lista de riscos dos principais gestores da empresas.
  • Incapacidade de atrair e reter talentos ocupa posição número 5 no ranking geral. Em algumas regiões o quesito tem prioridade ainda mais alta.
  • Riscos cibernéticos estão entre os “top 10”, na 9ª posição, sendo que a América do Norte os classifica em posição mais alta. Os ataques cibernéticos podem causar dano às empresas de diversas formas, vinculando esta ameaça a outros riscos da lista.
  • Diversos riscos presentes na lista deste ano representam possíveis causas ou consequências dos riscos na lista dos “top 10”: dano patrimonial.

Para mais detalhes e insights sobre a pesquisa, acesse o relatório e assista ao vídeo interativo.