Portugal

Plano de continuidade do negócio

 

A perda de reputação e a interrupção do negócio lideram a lista dos maiores riscos das empresas. Hoje em dia a continuidade do negócio, não só se associa com fenómenos físicos como incêndios ou falhas tecnológicas, mas também se estende a um nível estratégico onde a reputação e o valor do accionista são elementos chaves.

Ter um plano de continuidade do negócio, permite às empresas garantir a continuidade da actividade perante uma crise, aumentando as possibilidades de sobrevivência da empresa.

Vantagens
O plano de continuidade de negócio é uma ferramenta que permite prever ou evitar os possíveis estágios originados por uma situação de crise, assim como minimizar as consequências económicas, reputacionais ou de responsabilidade civil derivadas da mesma. Além disso, ajuda a reduzir os custos associados à interrupção ou a evitar penalizações contractuais por incumprimento de contratos como fornecedor de produtos ou serviços.

Conteúdo
O plano de continuidade do negócio permite antecipar a situação de crise e garantir o desenvolvimento normal da actividade, determinando os riscos de magnitude suficiente que podem pôr em perigo o normal funcionamento das actividades do negócio e definindo as acções a efectuar caso se materializem. Também ajuda a determinar de antemão que informação é crítica e como se deve salvaguardar. Estes planos constituem uma ferramenta de estabilidade e continuidade que aporta prestígio às empresas que os implementam.

Metodologia e equipa
A metodologia que aplicamos para a elaboração e desenvolvimento destes planos foi desenvolvida pela Aon com apoio dos especialistas internacionais na gestão de riscos, e baseia-se nos modelos aprovados pelas autoridades competentes e nas práticas mais avançadas do mercado nesta matéria. A nossa equipa está formada por profissionais multidisciplinares com ampla experiência em empresas de todos os sectores de actividade.